Pesquisar este blog

Carregando...

segunda-feira, 19 de julho de 2010

COMO TIRAR A FRALDA!



Hadassa, essa é especial pra você! rs

Acho que li umas 30 matérias sobre a retirada da fralda, mesmo antes da Raquel nascer, tamanha a minha preocupação em fazer tudo direitinho, na hora certa, para não deixar marcas no emocional dela. Bom, vou fazer um resumo de tudo que li: A idade ideal para a retirada da fralda é "a partir" dos 2 anos, pois nessa idade, a criança já aprendeu a controlar o esfincter e além disso, entende muito melhor o que falamos. Se você resolver tentar antes, corre o risco de ver seu filho fazendo xixi ou cocô na calça váááárias vezes, inclusive na frente de coleguinhas e familiares, o que vai te deixar cansado e sem paciência. Sem querer, você vai acabar descontando na criança, que vai se sentir inferior e envergonhada, o que é PROIBIDO neste processo, pois eles não tem culpa de nada. E pode ter certeza que isso o afetará de alguma maneira, em alguma fase da vida!

Após os 2 anos, a chance de isso acontecer é muito menor, ainda mais se você tomar todos os cuidados necessários. Bom, vou relatar a minha experiência com a Raquel. Como eu disse, ela me surpreendeu! Um pouco antes dos 2 anos, uma grande coleguinha dela saiu das fraldas e a mãe da menina vivia me dizendo: "E a Raquel, não vai virar mocinha? A minha filha já virou, olha só, não usa mais fraldas." E eu apenas dizia: "Calma, ainda não chegou a hora dela!" Confesso que a tentação foi grande, pois é um "saco" (me desculpem) ter que ouvir as pessoas falando isso, mas pensando no bem da Raquel, consegui esperar. No fim da história, eu presenciei essa coleguinha fazendo xixi na calça por mais de 2 meses seguidos, o que a deixava envergonhada perante as outras crianças. Além disso, vi seus pais nervosos com ela algumas vezes, o que piorava a situação.

Não estou querendo dizer que eu sou a "dona sabe tudo", mas as pesquisas e os profissionais existem pra isso! Se eles passaram anos pesquisando sobre o assunto e chegaram a conclusão de que não se deve tirar a fralda antes dos 2 anos, porque eu devo ir contra? Tudo tem o tempo certo de acontecer, inclusive controlar o esfincter, e devemos respeitar este tempo! Pode ser que seu filho não consiga sair aos 2 anos, não insista! Espere mais uns 2 meses e tente denovo. É lógico que você não vai desistir todas as vezes que ele fizer um xixi na calça, pois isso é super normal durante alguns dias, então, peça a Deus muita paciência. Mas pode acontecer como aconteceu com a filha de uma amiga. A história parece surreal, mas eu garanto que é real! A menininha tinha horário certinho pra fazer cocô, então a babá começou colocá-la no piniquinho a partir dos 9 meses (acreditem!) e não é que funcionou? No fim, a neném acostumou com a idéia e só fazia cocô no penico e depois começou a fazer xixi também. Você pode até tentar fazer isso, mas essa hitória é uma em 1 milhão!

Com a Raquel, fiz o seguinte, um pouco antes dela completar 2 anos, comecei a tirar a fralda uma vez por dia, normalmente antes do banho e a colocava na privada dizendo: "Olha, aqui é o lugar que a gente faz xixi. Que linda, a Raquel está fazendo xixi!" Fiz isso por quase 2 meses, e agumas vezes (2 ou 3) o xixi saiu mesmo! Aí eu fazia a maior festa, enchia ela de beijos e abraços e falava que tinha conseguido, etc e tal. Além disso, sempre a levava comigo ao banheiro, mostrando que era ali era o lugar certo de depositar as necessidades, depois dávamos descarga juntas e fazíamos tchau para o xixi. Bom, após 2 meses, ela já sabia de cór e saltiado que o xixi deveria ser feito ali, agora, o segundo passo e o mais difícil, era aprender a segurar e pedir para ir ao banheiro. Com 2 anos e um mês comprei aquele adaptador de assento de privada, mostrei pra ela como funcionava e falei que dentro de alguns dias ela não usaria mais fraldas e faria xixi só na privada, como a mamãe e o papai. Durante uns 5 dias falei isso vária vezes, além de colocá-la sentada no assento para experimentar. Aí, finalmente chegou o dia! Logo de manhã, conversei com ela, expliquei que a partir daquele dia não usaria mais fraldas e que se sentisse vontade de fazer xixi, deveria avisar a mamãe. Tirei a fralda, orei a Deus para que me desse sabedoria e paciencia para enfrentar este tempo e fui lavar louça!

A cada 5 minutos (sem exageros), eu falava: "filha, quer fazer xixi?" e ela sempre dizia que não. Além disso, a cada 1 hora eu a levava no banheiro , colocava-a na privada e falava que o xixi queria sair. Na maioria das vezes o xixi só saía depois que eu vestia a calça...rs. Se prepare pra lavar bastante roupa e separe muitas cuecas e calcinhas! Mas para minha surpresa, no terceiro dia estavamos no parquinho e ela começou a falar baixinho: "gaminha, gaminha, gaminha" (traduzindo: graminha), que é onde os pequenininhos fazem xixi lá no parquinho do prédio. Logo em seguida, o xixi vazou! Fiquei tão feliz por ela ter avisado antes, que peguei-a no colo, pulei, dei um monte de beijos e falei que ela tinha feito certinho! Daí pra frante acho que o xixi escapou mais umas 10 vezes e nunca mais! Foi muito, mas muito tranquilo!

Agora, a fase do cocô, na maioria dos casos é mais difícil e com a Raquel não foi diferente. Ela começou a segurar por 2 ou 3 dias, pois não tinha paciência de ficar sentada esperando. E consequentemente quando ele ia sair, estava duro e acabava machucando, o que a deixou com medo. Lembro que quando vinha a vontade, ela ficava dançando, mexendo as perninhas pra lá e pra cá, não tinha posição pra ficar, não se concentrava em nada e ficava assim até a vontade passar. Isso acontecia várias vezes por dia e eu morria de dó. Diversas vezes, a forçamos ficar na privada aos prantos, até o cocô sair e assim que saía, fazíamos a maior festa e mostrávamos como era bom fazer cocô e que a barriguinha (e nós) ficava aliviada. Também ensinamos o processo da digestão (na linguagem dela, é claro), pra ela entender o que era o cocô. Lembro que algumas vezes fiz o formato de cocô com massinha, pintei com tinta marrom, coloquei no peniquinho e falava pra Raquel que era a boneca que tinha feito e ela sempre acreditava! Esqueci de falar que nessa fase, compramos um peniquinho pra facilitar, porque assim, ela poderia ficar brincando sentada, esperando o cocô sair. Bom, isso durou 1 mês mais ou menos, e depois veio a fase de passar para privada. Mas aí eu esperei bastante, acho que uns 6 meses, com medo dela sofrer denovo, mas no fim foi tranquilo. Quando ela falava que queria fazer cocô, eu corria pra privada e falava que o peniquinho estava lavando, até que ela acostumou com a idéia e eu sumi com ele.

Já vi casos também, da criança conseguir fazer xixi na privada, mas cocô só na fralda e isso até uns 4 anos. Aí você tem que ter muita paciência, não desistir de tentar e sempre explicar com muito amor que o lugar certo de fazer cocô é na privada ou no penico. Pode demorar, mas quando chegar a fase da escolinha acaba aprendendo com os amiguinhos. Não se desespere e não dê ouvidos a pressão que as pessoas fazem, pois mais cedo ou mais tarde a criança entende, mas claro que sua ajuda e apoio é fundamental, sempre!

A fralda noturna também foi fácil, acho que no terceiro mês ela já estava acordando sequinha, aí eu comecei a tirar. Acho que vazou na cama umas 3 ou 4 vezes, mas nunca briguei com ela por causa disso e nunca demonstrei que estava nervosa ou chateada. Tratei com a maior naturalidade possível. Os especialistas recomendam que você tente não dar líquido umas 2 horas antes da criança dormir, o que é quase impossível, por causa do leite. Mas se você conseguir evitar água ou suco e maneirar na quantidade de leite, já ajuda bastante.

Outra dica na retirada da fralda, é esperar a época do verão, pois ninguém merece ter que ficar lavando um monte de roupa e limpando o chão, cama e sofá no inverno. Com o calor, tudo seca mais rápido! Ah, lembre também que você não deve NUNCA brigar ou criticar seu filho por ter feito xixi ou cocô na calça, pois ele não tem culpa! Cada criança tem o seu tempo e seu jeito, e você deve respeitá-la! Não compare seu filho com ninguém, pois Deus fez cada um de uma maneira diferente, e todos são especiais do jeito que são! Se o priminho ou amiguinho saiu da fralda com 1 ano e meio, parabéns pra ele, mas não é por isso que o seu deve sair também. Como eu falo sempre pra Raquel: Cada um é de um jeito diferente e ninguém precisa tentar ser igual a ninguém! Você é especial do jeito que é!!!

Sobre crianças que fazem xixi na calça frequentemente, mesmo depois de terem saido da fralda há algum tempo, normalmente, o emocional está envolvido. Se você passou no médico, fez exames e viu que está tudo bem, preste atenção no que anda acontecendo com o seu filho. Mudança de escola, a chegada de um irmãozinho, separação ou briga frequente dos pais, morte de alguém próximo, ausência de alguém querido, algo errado na escolinha... enfim, preste muita atenção e não o culpe por isso. Pelo contrário, seja compreensivo e transmita muito, mas muito amor. Diga que você está do lado dele e vai ajudá-lo no que for preciso. Se julgar necessário, procure um especialista, pode fazer muito bem!

Agora, minha experiência com meninos ainda não chegou, mas prometo que quando chegar conto tudinho! Só sei que normalmente os meninos aprendem primeiro a fazer xixi sentado e depois de pé. Se alguém quiser compartilhar sua experiência com meninos fique a vontade!

Bom mamães, boa sorte!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...